17/06/2019 08h00 - Atualizado em18/06/2019 09h22

Mais de 20 mil pessoas prestigiam o 11º Arrasta Pé do 18 do Forte

Os cantores Zuerões do Forró, Luan Estilizado, Márcia Felipe e Jonas Esticado animaram o evento

Notice show 387de549e9e182ff
Foto: Alícia Mendes/Ascom

O tradicional Arrasta Pé  do 18 do Forte, que integra o Encontro Nordestino de Cultura 2019, levou mais de 20 mil amantes do forró para a Baixa da Cachorrinha, zona norte de Aracaju. A  festa  que tem o patrocínio da Plamed e apoio da Prefeitura Municipal de Aracaju  é realizada  pela Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap/SE),  Governo do Estado e  Ministério do Turismo.

 Para a presidente da Funcap, Conceição Vieira, o Arrasta Pé do 18 é uma festa que já faz parte do calendário de festejos juninos do estado e que cresce a cada ano. “O governo do Estado, apesar de todas as dificuldades, vem realizando o evento com muito sucesso e conta com o apoio do deputado federal Fábio Mitidieri que foi o idealizador da festa e não mede esforços para que o evento seja realizado com essa grandiosidade. Nós entendemos que é importante fortalecer o movimento que nasce no seio da comunidade e é essa parceria, esse comprometimento de todos, que faz o Arrasta Pé do 18 do Forte o maior São João de Bairro de nosso estado” afirmou  Conceição.

 O deputado federal Fábio Mitidieri disse que apesar das dificuldades encontradas nas primeiras edições da festa, nunca pensou em desistir e sempre lutou pela valorização sócio cultural de um dos momentos mais importantes para os sergipanos: os festejos juninos. “É muita emoção e muita alegria saber que aquele sonho nosso lá atrás, da zona norte ter um festejo como este - que já é considerado o maior forró de bairro de Sergipe e abrindo as comemorações do mês, é um motivo de muito orgulho. Antigamente as pessoas tinham vergonha e preconceito de vir para a zona norte brincar forró e hoje a zona norte é referência de forró na capital", ressaltou o parlamentar.

Moradora do bairro 18 do Forte há 37 anos, dona Iraci Santos Silva era uma das mais animadas e estava ao lado das filhas garantindo a melhor visão do palco. Quando questionada sobre o evento ela não poupou  elogios à organização. “Uma festa organizada, que podemos vir com nossa família sem nenhuma preocupação. Parabéns aos organizadores. Amanhã estaremos aqui novamente, com fé em Deus”, informou a doméstica.

Mais de 20 mil pessoas compareceram na primeira noite de festa, o que fez a alegria dos  comerciantes, em destaque para Aloizia dos Santos, conhecida no bairro como “Lulu”. Ela e seus seis irmãos trabalham em uma barraquinha vendendo bebidas e aperitivos no local há cinco anos e  afirmou que o retorno é garantido. “A gente consegue 100% de lucro em uma noite. Eu espero o ano todo por esse evento, pois é com o faturamento desse trabalho que nós conseguimos pagar contas atrasadas e ainda guardar um pouco para as necessidades do dia-a-dia”, comemorou a comerciante.

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, esteve presente no evento destacando a relevância de manter tradições e apoiar eventos como esse. “Esse evento é uma grande realização do Governo do Estado, que tem total apoio da prefeitura. É aqui no 18 do Forte que acontece a abertura dos festejos juninos de Aracaju e essa quantidade de gente e o local onde é realizado, mostra a importância de trabalharmos juntos para que o sucesso do evento seja garantido", afirmou

A noite começou com a animação da banda sergipana Zuerões do Forró puxado pela cantora Dalila Lima. Em seguida Luan Estilizado fez todo mundo dançar. Márcia Felipe foi a terceira a se apresentar e foi uma das mais aguardadas. O cearense Jonas Esticado encerrou a primeira noite com chave de ouro.

"Estou muito feliz e honrado de participar do Arrasta Pé do 18 do Forte, espero que seja a primeira vez de muitas. Preparamos um show muito especial para a galera e eu tenho certeza que o pessoal vai gostar e a gente vai voltar mais vezes", disse o cantor Jonas Esticado que levou o público todo a cantar sucessos como “Saudade boa”, “Não era para eu te amar” e “Com amor não se brinca”.

Segunda noite

A segunda e última noite do Arrasta Pé do 18 do Forte, ocorrida no sábado (15), contou com a presença de uma multidão que foi até a  zona norte de Aracaju, para festejar, ver e ouvir os shows de Xand e Nanda, Gil Mendes, Cavaleiros do Forró e Solange Almeida. 

Anúbia Melo, diretora de  Cultura da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe,  frisou que o Forró do 18 do Forte espelha a lógica de política de cultura promovida pelo Governo do Estado, através da Funcap. "A ideia é descentralizar as ações de cultura,  valorizar as comunidades, os bairros, promover o resgate e/ou a valorização daquilo que o estado tem de mais forte em suas manifestações culturais. É um orgulho e alegria para nossa presidente Conceição Vieira e para todos os que fazem a Funcap, ver acontecendo todo um conjunto de ações, promovidas em torno do Encontro Nordestino de Cultura 2019”. 

O Arrasta Pé do 18 do Forte é hoje o mais tradicional São João de bairro do estado de Sergipe. O evento  começou por iniciativa da própria comunidade e no início era apenas um trio pé de serra, uma fogueira e a participação dos moradores da rua Anísio Dórea. Hoje a festa atraí pessoas de todos os cantos do estado, além de turistas que visitam Aracaju em busca de forró.“A ideia era sair com um pequeno carro de som e uma espécie de mini trio, que circulava pela comunidade até o local onde hoje acontece essa grande  evento" disse Cristiano Poconé, representante da comunidade. 

Segundo Cristiano, são mais de dois meses de trabalho que começa com a arrecadação do abaixo-assinado junto à população solicitando a realização do evento e cadastrando os moradores e vendedores que somente podem comercializar nas calçadas das casas. "O evento tem hoje 120 vendedores cadastrados, um palco de 12mt² com telão de projeção de 3,5mt² , sonorização profissional e toda uma estrutura de segurança" explicou.

É uma satisfação ver o sucesso da festa, pela alegria que leva as pessoas, por incrementar a economia local, como também pelo fato de, através da festa, alguns benefícios e obras permanentes para a comunidade estarem sendo efetivadas. Isso é muito bom, é bom ver a alegria das pessoas, a alegria do povo que anda precisando sorrir e festejar a vida um pouco mais", ressaltou a deputada estadual, Maisa Mitidieri.

Para Manoel Dias, morador do bairro há 48 anos, a festa traz alegria e renda. "A população se mobiliza, se envolve. E isso é muito bom de ser visto. Como morador eu só tenho a agradecer por esse evento continuar sendo realizado e com mais sucesso a cada ano".

A dupla Xand e Nanda, que abriu as festividades da segunda noite,  disse que o evento do 18 do Forte faz parte da história deles. “Os organizadores estão de parabéns, é um evento de sucesso, reconhecido hoje em todo o estado”, diz Xand. “É o nosso oitavo ano consecutivo e nós ficamos muito felizes com o convite. Já nos sentimos parte da festa", afirma Nanda.

Solange Almeida, a atração mais aguardada da noite, também demonstrou satisfação em fazer parte do Arrasta Pé. "Fiquei feliz por saber que todas as pessoas envolvidas com o evento são pessoas da comunidade, um evento que traz renda e empregos diretos e indiretos para a própria população. Eu já morei em Sergipe e sei da carência que os bairros tem de eventos como esse e como ainda existe preconceito em festas de bairro, então tudo isso é muito bacana para todos”, declarou a artista, que encerrou a noite.