01/06/2019 08h35 - Atualizado em03/06/2019 04h45

Governo inicia comemorações dos 80 anos da rádio Aperipê AM com programa especial no Centro de Aracaju

Ao todo serão seis programas “itinerantes” até 30 de junho, dia do aniversário da emissora

Notice show d983800cf09a3196
Foto: Alícia Mendes

Os radialistas Flávio Lima e Zito Costa comandaram o primeiro dos programas especiais, realizados fora do estúdio, para celebrar os 80 anos da rádio Aperipê AM 630. O dia oficial do aniversário será 30 de junho, mas as comemorações pela significativa data começaram na manhã de sábado, 1º de junho, e seguirão até o final do mês. O programa Especial Aperipê 80 anos, realizado no mercado Antônio Franco, no centro de Aracaju, foi transmitido em cadeia pelas rádios AM e FM 104.9 e contou com diversas participações.

Além dos músicos convidados, Chiquinho do Além Mar e Forró de Mala e Cuia, com Gilson do Acordeon e Josiete no triângulo, e o grupo Balança Eu, também participaram a cantora Joseany de Josa, e a cordelista Izabel Nascimento, que declamou belos versos saudando o mês de junho. Todos de forma voluntária, sem cobrança de cachê. Também passaram rapidamente pelo programa Edgar do Acordeon, Zé Américo de Campo do Brito, Antônio Clone entre outros.

Chiquinho do Além Mar falou de sua relação com a emissora. Na ocasião dos 70 anos, ele foi o autor de um cordel que contava sua história. “Tenho um carinho enorme pela emissora porque, primeiro, toda Fundação tem como objetivo incentivar e divulgar o artista local, então poder participar 10 anos depois, com a carreira mais consolidada, com várias apresentações que vem fazendo pelo Brasil todo, apresentei meu trabalho na Europa, com dois CDs autorais, um deles premiado, então fico lisonjeado de poder participar hoje aqui da comemoração e agradecido pela lembrança. Acho que a Aperipê AM está de parabéns por esses 80 anos e ressaltar o trabalho de toda equipe, que é muito importante, e eu como artista poder fazer parte de todo esse progresso ao logo desses anos, 20 anos de cordel e 15 anos com o Forró de Mala e Cuia, me sinto lisonjeado em participar dessa festa”, disse o artista.

Há 14 anos atuando na 630 khz, sempre com o programa Sabatina Musical, o radialista Flávio Lima fala da emoção do momento. “Para mim é motivo de alegria e justamente num projeto diferenciado, porque eu e Zito Costa, estilos diferentes, e Zito uma pessoa conhecida no meio sertanejo, do forró, então para mim foi uma alegria, estou muito feliz em participar agradecendo a direção da emissora por ter me convidado a fazer parte desse projeto, já que estou na Aperipê há 14 anos como voluntário e sempre com um programa, que para alguns, tem o perfil da emissora, um programa cultural e musical”, relatou Flávio Lima, que desde julho do ano passado transmite seu programa também pela Aperipê FM 104.9.

A presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap/SE), Conceição Vieira, juntamente com o diretor de Radiodifusão, Chiquinho Ferreira, a diretora de Cultura Anúbia Melo, recepcionaram o público presente, que acompanhou a transmissão mesmo com chuva, e também saudaram os ouvintes, em nome do governador do Estado, Belivaldo Chagas. A presidente destacou o papel cumprido pela emissora nesses 80 anos, iniciados nessa mesma região central da cidade, bem próxima do povo como neste dia comemorativo.

“Aperipê AM vem fazendo a sua história e contando a história do povo sergipano nesses 80 anos, promovendo os nossos artistas, mostrando a nossa diversidade cultural, fortalecendo nosso forró. Quantos homens e mulheres da radiodifusão sergipana surgiram da Rádio Aperipê, e os nossos artistas, podemos lembrar de Clemilda, Meloso, Taiobinha, Josa, Gerson Filho. E o Estado tem conservado essa tradição, não se desfez do seu sistema de comunicação pública, cada governador do seu jeito procurou dar a sua contribuição e nós agora, no governo de Belivaldo Chagas, tudo faremos e com essa junção que ele fez da Cultura com o sistema Aperipê, nós e cada diretor, para fortalecer a Aperipê AM e toda a comunicação pública de Sergipe”, ressaltou Conceição Vieira.

O ouvinte Severino de Rezende, 57 anos, morador do bairro Industrial, passava pelo mercado quando ouviu o som e se aproximou para ver, e então descobriu se tratar da emissora que ele tanto escuta em casa. “Eu era menino, com sete ou oito anos, quando vinha para a rádio, que funcionava aqui no centro, no prédio da secretaria de saúde, para ouvir Silva Lima na Difusora. Hoje eu escuto todo dia, lá em casa é ligado direto na Aperipê, ela não pode morrer nunca”, disse o ouvinte.

Já outro ouvinte, Ivo Gomes de Freitas, saiu diretamente da cidade de Propriá para acompanhar a transmissão do programa na capital. “Escuto a rádio todo dia, o sinal tá bom, limpo, igual a FM. Gosto muito da programação, de vários programas, sou fã da Aperipê desde 2004”, disse enquanto acompanhava de perto a transmissão.

Programação especial

A comemoração dos 80 anos da rádio Aperipê AM continua na próxima sexta-feira, confira a programação:

Dia 7/6 – 6h às 9h –Manhã Aperipê, na AM, com Júlio César - No mercado Antônio Franco; presenças de Célia Raven e Ravengar.

Dia 15/6 – 9h às 11h –Programa “Especial Aperipê 80 Anos”– No mercado Antônio Franco e transmitido em cadeia AM e FM; os convidados são Erivaldo de Carira e Paula Sandine.

Dia 16/6 – 10h às 12h –Domingo no Clube, com Sérgio Thadeu, nas rádios AM e FM – No mercado Milton Santos, localizado no Augusto Franco; presença confirmada de Reginaldo Marinho e o Choro Forrozado.

Dia 21/6 – 18h às 19h –Show Esportivo, com Raimundo Macedo – No Arraiá do Povo na Orla de Atalaia e transmitido em cadeia pelas rádios AM e FM;

Dia 30/6 – 16h às 18h – Programa “Especial Aperipê 80 Anos”, apresentado por Zito Costa e Tanit Bezerra – No Gonzagão, com participação de quadrilha junina, trio Pé-de-serra e grupos folclóricos, com transmissão da Rádio Aperipê AM 630.