16/04/2019 02h55 - Atualizado em16/04/2019 02h55

Encontro de TVs públicas do Nordeste inicia intercâmbios

Reunião realizada em Salvador contou com representantes das emissoras públicas da região

Notice show 70f15b11c650f466
Foto: Divulgação

O I Encontro das TVs Públicas do Nordeste (gestão 2019 - 2022) reuniu nesta segunda feira, 15, em Salvador, os gestores das emissoras dos Estados da região, para estabelecer parcerias entre com o objetivo de promover o intercâmbio de conteúdos e fortalecer a comunicação pública. Participaram representantes dos Estados de Sergipe, Bahia, Pernambuco, Piauí, Ceará e Alagoas, Paraíba e Maranhão.

A emissora pública sergipana, Aperipê TV, esteve representada pela presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe, Conceição Vieira, bem como pelo diretor de Radiodifusão, Chiquinho Ferreira, além dos coordenadores Operacional, Jefferson Andrade, e de TV, Jade Moraes.

Foi um dia inteiro dedicado à discussão da situação da Comunicação pública no país, e especialmente no Nordeste. Na pauta também, entre outros assuntos, o compartilhamento de conteúdos entre as emissoras, com a contribuição de cada estado, e outras iniciativas de aperfeiçoamento na prestação dos serviços, no âmbito do conteúdo e também da tecnologia.

O encontro é um desdobramento do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste), criado no mês passado, em São Luis, e que elegeu o governador da Bahia Rui Costa como primeiro presidente. O objetivo é defender os interesses do Nordeste do Brasil e implementar ações integradas dos estados em diversas áreas, como a comunicação pública, tema que foi incorporado na carta de fundação do consórcio.

“A presença do tema da comunicação pública na criação desse consórcio é uma conquista importante. A integração das emissoras públicas estaduais de televisão e rádio do Nordeste é fundamental para garantir a diversidade e a representatividade de quase 60 milhões de brasileiros”, diz o diretor Geral do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (IRDEB), Flávio Gonçalves.

Durante o encontro foram apresentadas possibilidades de intercâmbios de programas e de coberturas especiais conjuntas, como o próximo período junino e as festas de São João. Além de promover a troca de conteúdos entre as emissoras do Nordeste, o encontro também destacou a importância de parcerias com as emissoras públicas de outros países.

O financiamento das emissoras, a ampliação do sinal digital, a exibição de conteúdos de festivais nordestinos de audiovisual, as redes sociais e as rádios públicas estaduais nordestinas também foram temas desta primeira reunião. O encontro aprovou ainda uma carta com temas prioritários e definiu um calendário anual de reuniões, sendo a próxima no Recife.