20/09/2019 05h35 - Atualizado em25/09/2019 01h42

Celebração do Dia Nacional do Teatro lota o Atheneu

As apresentações fazem parte também do V Festival Sergipano de Artes Cênicas

Notice show 249b493878b7cc5c
Foto: Ascom/Funcap

O Teatro Atheneu ficou lotado na celebração do seu dia - o Dia Nacional do Teatro. As apresentações que fazem parte do V Festival Sergipano de Artes Cênicas, tiveram início à tarde com o espetáculo voltado para o público infantil “Vai dar cacho na cabeça do bebê mainha?” da companhia A Tua Lona. À noite, o Grupo Imbuaça subiu ao palco para apresentar “Mar de Fitas: Nau de Ilusão”, que fez o público vibrar com a apresentação. O cantor Saulo Ferreira encerrou o evento que teve entrada franca e recebeu alunos e professores de várias escolas da capital sergipana na noite de ontem, 19.

A ação foi realizada pelo Governo de Sergipe, por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap/SE) e a presidente da entidade, Conceição Vieira, ressaltou a oportunidade de fazer espetáculos como uma causa já muito nobre, mas celebrar o Dia do Teatro com a participação em massa do público é, segundo ela, um privilégio.

“Nós estamos desde a tarde celebrando esse Dia Nacional do Teatro e apresentando o Festival Sergipano de Artes Cênicas, que incorpora outras linguagens do mundo artístico cultural e que tem a realização do Governo do Estado, através da Fundação de Cultura e Arte com apoio decisivo do Ministério da Cidadania. E com essa perspectiva e essa parceria, queremos fazer essa celebração como foi feita na tarde de hoje, oferecendo a juventude, infância e adolescência a oportunidade de fomentar a sua personalidade, ampliando a sua perspectiva de inteligência emocional através da arte. E agora à noite, encerramos com essa programação voltada para o público adulto, onde tivemos essa bela apresentação do Imbuaça e Saulo Ferreira fechando com chave de ouro”. 

O ator Lindolfo Amaral, do Grupo Imbuaça disse que é extremamente gratificante para o grupo, que no último dia 28 de agosto comemorou 42 anos, participar desta celebração. “É sem dúvidas, um ato de resistência em um país onde a descontinuidade é a marca, um grupo do Nordeste, de Sergipe, que faz teatro de rua está hoje no palco do Teatro Atheneu, a nossa grande casa, celebrando o Dia Nacional do Teatro. Para nós é um prêmio, uma celebração mesmo, e nós agradecemos a Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe também por estar participando da programação do V Festival Sergipano de Artes Cênicas. Isso é muito importante e nós torcemos para que essas atividades, esses eventos que reúnem e congregam produção das artes cênicas sergipanas, continuem por muitos e muitos anos”.

A diretora da Escola Bebé Tiúba, Auridete Santana de Carvalho, falou que eventos como esse são momentos muito importantes para a valorização da cultura. “A gente se sente muito feliz em estar aqui participando, além de valorizar, porque hoje com esse lance da tecnologia as pessoas estão esquecendo um pouco as coisas culturais. O espetáculo foi maravilhoso, adorei a interação e as crianças ficaram bastante felizes. Espero que tenham mais ações como esta para que possamos trazer a criançada para participar, uma vez que isso também faz um elo com o que a gente passa para eles na sala de aula”.

“Sempre é importante proporcionar aos nossos alunos, novas oportunidades, como espetáculos teatrais, visita a Museus, coisas que eles não têm no dia-a-dia, para que assim ampliem a visão do mundo. A cultura é sempre importante, teatro é uma coisa que eles deveriam ter com frequência, mas que as condições não permitem. Então um evento como esse é muito importante que haja inclusive não uma vez só no ano. Foi muito gratificante participar desse Dia Nacional do Teatro”, disse a professora Daniela Monteiro.

Encantada com o espetáculo, Maria Clara que é aluna do ensino fundamental da Escola Municipal Bebé Tiúba, disse que adorou a sua primeira experiência no Teatro. “Eu achei legal demais, muito engraçado, principalmente os atores que foram muito legais e interagiram conosco. Também aprendi muita coisa nova e adorei sair um pouco da sala de aula e  participar dessa tarde”, afirmou.